Temas fracturantes

Se tenho lido bem, o assunto criou divisões internas no Barnabé e no Blog De esquerda. Por outro lado trouxe uma inédita sintonia entre o JCD e o JMF que concordaram em não ter uma opinião muito assertiva em relação à proibição de símbolos religiosos nas escolas francesas. Claro que não ia perder a oportunidade de discordar dos dois ao mesmo tempo. Sou contra a proibição. Mais que os princípios, procuro ler as consequências... símbolos, identidades, fracturas culturais, religiosas, civilizacionais, relações de género, negociações quotidianas da liberdade, fechamentos defensivos, exageramentos da diferença, argumentos para a reinvenção da opressão. Um outro post...

P.s. O Avatares errou. Recebo nota que os Barnabés que expressaram opinião estão todos contra a proibição.



<< Home