Para mim, os melhores de sempre

Enquanto alguns se entretinham a ler a Odisseia no original eu debatia-me com a angústia do porvir encenada em Bel e Sebastião. Um enredo que, não obstante a ausência da deusa Calipso - lembro em sobressalto uma encarnação cinematográfica - pouco deverá ao épico.

Para mim a década de 80 é marcada por dois eventos:
1- A queda do muro de Berlim
2- A adaptação para televisão de Belle et Sebastien, um livro infantil escrito pelo autor francês Cecile Aubrey.
Mas se acompanharmos os simbólicos, aqueles para quem a queda do muro de Berlim marca o início dos anos 90, então sou coagido a considerar Bel e Sebastião - tradução lusa, logo se vê - como o evento mais relevante da década de 80.
Só posso lamentar por aqueles que ouvindo falar em Belle and Sebastian apenas conseguem evocar uma certa banda escocesa.



<< Home