Os lábios de Anabela e não só...(act.)

Há uns dias escrevi o post "Os lábios de Anabela", reclamando o facto do Magazine 2 não ter intérprete de língua gestual. Hoje a Anabela abriu o Magazine a dizer boa noite em lingua gestual e a caixinha com o tradutor passou a figurar no canto. Quase que conjurei uma possível influência, mas como duvido que os critérios de programação da RTP passem por este blogue, resta-me dizer a crítica deixou hoje de ser pertinente. Ainda bem.

p.s. Pergunta académica: será que a Anabela namora? É que ela às vezes olha para o ecrã de uma maneira ... Já se impunha uma revista cor-de-rosa dirigida ao meio literarato. Quem não precisa é J.M. Carrilho, já deu o salto há muito.



<< Home