Miséria

Preferia que o Porto tivesse perdido a saber o que se passou hoje no estádio. Receoso, com a memória fresca, alguém do FCP preocupou-se com a lesão do adversário. O jogo seguiu para asco de todos nós. Deu golo, ainda bem. A cruel vileza de que se pode vestir a ânsia de vencer merece ficar simbolicamente registada. Rui Jorge, disseram-me que lançaste os dados. A esta hora saberás que uma carreira nobre vale bem mais que um mísero ponto num campeonato que já não vencerás, ainda que a tua equipa seja campeã.



<< Home