God knows how I adore life

É incrível como a linguagem científica colonizou o idioma dos amores.
Falamos de química,
de ferormonas,
de "Eurekas",
de combustões,
de ebulições,
de perdas e transferências de energia,
de entropia,
de equilíbrio,
de misturas,
de reacções,
de falta de oxigénio,
de corações por calibrar, ...
Creio que estaremos mais pós-modernos no caos metodológico da experimentação, mas permanecemos ironicamente modernos na intransigente busca de uma verdade.
I'll be there anytime...



<< Home