Experiências de inspiração maciça


Quando se preparava para ir em trabalho de campo para a Zâmbia o antropólogo Victor Turner recebeu um telegrama de última hora de Max Gluckman, o seu orientador: "Sugiro que mude para a tribo Ndembu na Província Noroeste muita malária febre amarela imenso ritual".
Ele foi. A sua influente obra ficaria claramente marcada pela propensão ritualista dos Ndembu.
Viria a morrer muito depois, em 1983, deixando à Antropologia novas possibilidades interpretativas sobre os rituais, os dramas sociais e a etnografia da experiência. Aventurou-se sempre com a mulher e os filhos por perto. Nesse sentido Victor Turner poderá representar a alternativa à construção solitária da empresa antropológica. A romântica.



<< Home