O lobby perfumeiro.

Os "dois beijinhos" são uma convenção social criada pela indústria da perfumaria. O facto de na mais estrita cordialidade nos cheirarmos ritualmente uns aos outros junto ao pescoço é motivo de sobra para induzir a compra. Há quem goste de perfumes e prefira não dar beijinhos, é raro. As fragâncias para mulher vendem mais porque elas também se beijam umas às outras. Não surpreende que a a indústria da perfumaria lute pela generalização dos dois beijinhos: também eles sabem que a homofobia traz prejuízos.



<< Home