José Mourinho, o fingidor


Fernando Santos, após uma dura derrota, disse na conferência imprensa que não tem dormido, sente-se desanimado, mas sabe tem que levantar a cabeça para passar confiança aos jogadores. Este tipo de discurso parte do princípio que os jogadores só existem no campo e não ouvem as conferências de imprensa. O que José Mourinho nos ensina é que a confiança tem que se fingir mais completamente. É a este poder que Michel Foucault chama "regime de verdade".



<< Home